domingo, 6 de fevereiro de 2011

ninguém dirá o contrário ou egocêntrica II

O que muitos acham loucura ou rebeldia, entendo como "eu assumo meus atos" ou "sejamos menos hipócritas".
Ao meu redor todos escutam sorrisos: minha gargalhada é alta! Saio de casa cedo e não tenho hora pra voltar. Até a hora em que bem entendo faço barulho porque vejo em tudo uma piada- e ninguém dirá o contrário. Me perco na minha cidade às duas da manhã, lá em casa sabem disso e não faço segredo - é bom porque poderão cobrar da única pessoa responsável pelo meu destino: eu mesma! Pro mau caminho - eu ouvi essa verdade aos 15 anos - a gente vai com as próprias pernas.








Baby
Caetano Veloso


Você precisa saber da piscina
Da margarina
Da Carolina
Da gasolina
Você precisa saber de mim

Baby baby
Eu sei que é assim

Você precisa tomar um sorvete
Na lanchonete
Andar com a gente
Me ver de perto
Ouvir aquela canção do Roberto

Baby baby
Há quanto tempo

Você precisa aprender inglês
Precisa aprender o que eu sei
E o que eu não sei mais
E o que eu não sei mais

Não sei, comigo vai tudo azul
Contigo vai tudo em paz
Vivemos na melhor cidade
Da América do Sul
Da América do Sul

Você precisa
Você precisa
Não sei
Leia na minha camisa

Baby baby
I love you.



2 comentários:

Camilla Mendes disse...

E qual seria, por fim, o mal caminho?? Ah, que se dane. Mal caminho é aquele que a gente não quer ir....pra onde se quer ir será sempre um bom caminho..De aprender qualquer coisa.
Adorei. Passa no meu.

jonacomunidade disse...

As pessoas precisam ser amáveis,compreender as outras, ter paz, o mundo precisa, de muita compreeensão, umas com as outras, para um mundo melhor.

Seguidores