terça-feira, 4 de maio de 2010

Sobre saltar de paraquedas e o sabor de um café bem forte


'És livre, escolhe, ou seja: inventa.'
Jean-Paul Sartre


Cantar um rock com os dentes rangidos, compor poesia pra rasgar o papel com a força da pena, um conto de Caio F. pra se perceber dono de suas verdades, arrancar as pedras de Virgínia Woolf e poder salvá-la, arrepiar-se com a melodia de Cais por Elis Regina, acompanhar um assovio de Milton Nascimento, acariciar uma lagarta de fogo, perceber o eco do grito de Steven Tyler, o piano de Jack White pra batucar com os dedos na mesa, um gole de cerveja pra amargar a boca inteira, vociferar versos do Chico enquanto o sol nasce, um vento pra espalhar as folhas, a passionalidade pra derreter o gelo, a mania de verdade pro inferno, encharcar os olhos com a sensatez de Simone de Beauvoir, ser cada uma das marcas pintadas no meu corpo - o que as nuvens escondem em noites nubladas, uma palavra de força, a leveza. E tudo isso é uma prece: ter sempre qualquer coisa que me faça sentir!

10 comentários:

Camilla Mendes disse...

Pensei agora em tudo que me faz sentir. Ler vc...me fez sentir. Obrigada pela experiência. Voltarei aqui tb.

Jullyane disse...

Lu,

Adoro qdo vc escreve esses versos tão sensoriais, sensíveis, reais.

Beijos, loveU

Daniel disse...

Sempre estamos buscando ser um outro alguém, mesmo quando existe algo dentro da gente. Sempre existirá. E quando precisamos ser outra pessoa, vamos em nossos ídolos.
Beijos

Naty Araújo disse...

Sinceramente...


Eu adorei.
É sensível e profundo.
Uma mistura contagiante.

Ficou ótimo.
Ótimo mesmo.

Beijos e lindo sábado pra ti.

jefhcardoso disse...

Luciana “Flor” de Lis, que a sua vontade de ler os meus textos lhe arraste para o meu blog e lhe estimule a fazer um monte de comentários. (sorrio).

Grande abraço e obrigado por sua atenção!

Jefhcardoso

Leca disse...

Vim até aqui...
para te trazer gentilezas...
e beijos gentis...
Leca

maybe disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

gabriela m. disse...

de todas as tuas formas de sentir, eu posso fazê-las todas.
mas dispenso a lagarta de fogo :s

Nelson Soares disse...

Tanta vida, tanta força... Adorei.



Stay Well

Ananda Sampaio disse...

oww,lu concordo veementemente com todas elas...
Desde de Caio F. a nossa maravilhosa Simone de Beauvoir...
pessoas que embora nunca tenhamos tido o prazer de nos enlaçarmos fisicamente, nos enlaçaram verbalmente, espiritualmente.

E por fim, nos ajudaram a construir e reafirmar o que somos e tudo aquilo que queremos ser...

te amo, Ananda

Seguidores