domingo, 2 de novembro de 2008



Luz dos olhos
Nando Reis

Ponho os meus olhos em você
Se você está

Dona dos meus olhos é você

Avião no ar
Um dia pra esses olhos sem te ver

É como chão no mar
Liga o rádio à pilha, a TV Só pra você escutar
A nova música que eu fiz agora

Lá fora a rua vazia chora...

Os meus olhos vidram ao te ver

São dois fãs, um par
Pus nos olhos vidros prá poder

Melhor te enxergar

Luz dos olhos para anoitecer
É só você se afastar

Pinta os lábios para escrever

A sua boca em minha...

Que a nossa música eu fiz agora

Lá fora a lua irradia a glória


E eu te chamo, eu te peço: Vem!

Diga que você me quer
Porque eu te quero também!


Passo as tardes tentando

Faço as pazes lembrando
Te telefonar

Cartazes te procurando

Aeronaves seguem pousando

Sem você desembarcar

Pra eu te dar amor nessa hora

Levar as malas pro fusca lá fora....


E eu vou guiando

Eu te espero, vem...

Siga onde vão meus pés

Porque eu te sigo também.

E eu te amo!

E eu berro: Vem!

Grita que você me quer

Porque eu te quero também!
................................................................................................................

A ti dedico esta canção que não é minha, mas furto de todos os versos o meu querer, o vontade de te acompanhar, o gosto em apreciar a cor mel dos teus olhos, a sede em te compor poesias.

Quero teu sorriso desenhado junto à minha boca.



Luciana Lís

Seguidores