domingo, 13 de julho de 2008


Me deu saudade daquele "Querido Diário", com seu super cadeado, em que eu podia escrever e esculhambar com qualquer um e meu segredo ficava guardado no meio daquelas folhas perfumadas.
Esse negócio aqui é muito notório, repleto de testemunhas. A minha sorte é que dá pra brincar com as palavras, entende quem for capaz, quem se perceber.

.................................................
Olha só: estou com uma ferida. Pena que não posso dividir com meu melhor amigo, pois sei que transmitirei meus sentimentos e isso não seria saudável. As coisas já não estão bem há algum tempo. PRECAUÇÃO.

Me causa profunda "admiração" esses indivíduos que pregam "os de meu sangue acima de tudo". Falsa devoção. O efeito causado por esse lema (sei por conhecimento de causa mesmo) tão bonito é extremamente superficial. É finito nas palavras. HIPOCRISIA.

Sei que cheguei depois, graças a Deus, mas sei de qualidades e defeitos que não são sensíveis a vocês. Percebe? SENSIBILDADE.


Não consigo ver afeto em demonstrações que buscam ferir quem se ama, demonstrações que denotam (GRITAM) a pequenez de seus pobres espíritos. CINISMO.
...............................................
Pra ti, brilho dos meus olhos, todo CARINHO, TERNURA e CUIDADO.



Luciana Lís

Seguidores